Máscaras

16 09 2010

Usar máscaras para encobrir quem eu sou tem se tornado, a cada dia, mais doloroso. Às vezes fazem comentários que eu teria uma resposta pronta pra rebater na ponta da língua, mas eu não posso responder, senão minha máscara cai e ficarei exposto e indefeso. Sinto-me seguro atrás dela, mas também me sinto angustiado. Já devo ter dito em posts anteriores que não gosto de ser hipócrita (se não disse, fica dito agora), e é por isso que me dói tanto.

Mas… vejo que a sociedade merece que eu me valha de artifícios pra esconder a minha verdadeira essência dos olhos alheios e desinteressados. A doença da sociedade é cada vez mais grave e percebo novos sintomas todos os dias. Alienação, desinformação, apego a valores retrógrados… Cada um pior que o outro. Não posso fazer nada pra mudar isso. A sociedade tem que se curar sozinha. Eu até posso fazer a minha parte, porém é preciso que os outros façam a sua também.

Bom, vou voltar pras minhas correrias. Ah, recomendo que escutem essa música.

Aqui está a letra (tradução).

Filhote Solitário

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: