A Saga do Filhote Solitário – Parte 2

25 11 2010

Bom, agora que terminei meus trabalhos e deixei alguns leitores putos de raiva porque prometi um post no domingo ou na segunda-feira… eu postarei a parte 2 da minha saga, finalmente…

Onde estávamos?… Ah sim, minha fugida ao CineSesc. O 1º encontro da minha vida, que emocionante… hehehehe.

Resolvi deixar a minha faculdade por um dia e sair pra espairecer com um cara muito especial que conheci na internet. Chamarei-o de… Pianista, por razões que você pode deduzir sozinho… XD

Eu estava nervoso que só… Durante todo o caminho eu fiquei pensando em coisas do tipo “ai, será que ele vai gostar de mim pessoalmente?”, “tô bem vestido?”, “eu tô dando muita pinta de que vou a um encontro com um cara?” e todo o tipo de coisa que um inexperiente em todos os sentidos pode pensar. Foi a viagem de 1 hora e 20 minutos mais longa da minha vida. A cada estação que ficava para trás, meu coração dava uma batida mais forte e eu pensava “tá chegando… tá chegando…”. Exatamente na estação Domingos de Moraes, passou pela minha cabeça… Estaria eu me apaixonando por alguém que nunca vi pessoalmente? Será que não estava me precipitando demais e talvez eu devesse pegar o trem no sentido contrário e voltar pra casa e dar o meu primeiro bolo?… Confuso, cheguei até a me levantar no trem e caminhei em direção da porta, mas felizmente ela se fechou antes e meus pensamentos voltaram ao normal. Meu nervosismo diminuiu bastante depois disso. Continuei, então, minha viagem até a Consolação. Tinham + 3 baldeações a serem feitas… Morar no c* do mundo dá nisso… hahahaha

Cheguei alguns minutos atrasados. 17.07… Será que o Pianista já tinha chegado lá? Combinamos de nos encontrar na catraca da estação e lá fiquei esperando ver o rosto dele entremeio à multidão. Longos minutos se passaram… até que…

“Filhote? Filhote!”

O Pianista estava me esperando do outro lado da catraca e eu não tinha visto. ^^”. Nos cumprimentamos e caminhamos até o CineSesc. Conversamos bastante. Eu estava bastante tímido e ele também estava um tanto nervoso. Compramos os ingressos e aguardamos até que a sessão do filme começasse. Disse eu ao Pianista que nunca tinha estado num lugar que tivesse tanto gay/m², muito menos em um que tivesse tanto bear/m², xD.

Durante a sessão do filme, não trocamos muitos olhares. Queria que ele pegar na mão dele, mas estava muito acanhado pra fazer isso. Pareço criança, não?, mas quem nunca esteve numa situação parecida com essa? Deixei, então, minha mão dando sopa no apoio da poltrona durante algum tempo. Percebi que ele se mexia bastante durante  a sessão, mas nunca fazia nenhuma aproximação… (só depois o Pianista me contaria que estava em cólicas pra pegar na minha mão, mas estava com vergonha).

O filme acabou. Avaliamos Bear City com nota 5. Dirigimo-nos para o Habib’s. O Pianista não tinha almoçado e já estava meio esfaimado, pois já eram mais de 20 horas. Conversamos um pouco mais sobre nossas experiências e sobre nossos desejos. Confessei a ele que minha fantasia sexual preferida foi ficar com um cara branco, de +- 50 anos, grisalho, mais alto e mais cheinho do que eu, que usasse óculos e professor… Combinação bem difícil de ser encontrada, não? hahaha. Papo vai, papo vem, pedimos a conta. Eu ia pagar a minha parte, mas ele não deixou. Fiquei todo sem jeito… não estou acostumado a pagarem as coisas pra mim (exceto minha mãe, mas…). Eram mais de 21.30. Não tinha mais muito tempo junto dele, afinal, eu tinha que estar em casa no horário da faculdade pra que a minha desculpa colasse (2 professores estavam participando de bancas de TCC, então não ia ter quase aula, então eu e meus colegas resolvemos ir ao bar desestressar um pouco… [not!] e que voltaria cedo).

A estação do metrô estava próxima… Teria que me despedir logo… e estava curtindo tanto a presença dele… a atenção que ele me dava quando eu falava… Eu até perguntava se eu estava falando muito e ele dizia que não, que adorava gente pra frente que nem eu e que gostava de me ouvir (e pior que eu estava falando pra cacete… nervosismo…). O Pianista então sugeriu que fôssemos até a estação Trianon-MASP andando, já que estávamos na Paulista mesmo.

No caminho, nossas mãos se esbarravam com frequência, mas eu não tinha coragem de agarrar a mão dele em público… Ainda mais com aquela notícia que havia corrido por aí… Conversamos mais um pouco…

Filhote: Ah, Pianista, me desculpa pela timidez.
Pianista: Que isso… Não se preocupa com isso.
Filhote: É que não queria estragar o encontro… Não gosto de ir muito rápido, acho que tudo fica tão banal quando acontece rápido demais e… bom você sabe, né?
Pianista: Pois é…
Filhote: Acho um saco quando duas pessoas se sentem atraídas uma pela outra, perguntam “vamos foder?” e depois no dia seguinte dão tchau e nem sabem o nome uma da outra. Pra mim, mesmo que não esteja procurando algo fixo, tem que ter rolado uma conversa antes e tal… Porra, não vou sair dando ou comendo qualquer um que me aparece por aí…
Pianista: Isso é verdade… Vejo muito isso nas baladas…
Filhote: Ah é, você é pegador…
Pianista: Que nada…
Filhote: hahahahaha

Acabamos por caminhar até a estação Brigadeiro. De lá, ele me acompanhou até a Barra Funda, até que pegasse meu trem. Com um sorriso e um aperto de mão, eu me despedi… Mas eu queria mesmo era ter abraçado e beijado ele ali, no meio da multidão… Só que minha moral e minha timidez repeliram essa atitude.

O encontro ficou com um gostinho de quero mais…

Nos encontramos de novo na segunda-feira (22). Ele me fez a gentileza de trazer um pacote de papel sulfite que tinha na casa dele, pra que eu não precisasse comprar pra terminar os meus trabalhos, e aproveitamos para dar um passeio pelos arredores do Mackenzie. Começou a chover… Eu estava de guarda-chuva e perguntei se ele não queria que eu o acompanhasse de volta pra estação, já que ele estava sem. O Pianista disse que não, mas eu queria levá-lo, não ia atrapalhar… (depois fiquei sabendo que a chuva engrossou e ele quase escorregou no meio do caminho… fiquei c/ a maior culpa do mundo… ‘-‘).

Com esses dois encontros, + nossos papos no MSN, concluo que estou me apaixonando pelo Pianista…

Bom… fico por aqui… Depois posto a parte 3… a maldita faculdade não me permite… E lá vai o Mackenzie atrasando a vida dos gays e dos armariados, xD

 

Filhote Solitário

 

Anúncios

Ações

Information

6 responses

25 11 2010
Rodrigo

Filhote, é tão bonita essa fase, você se descobre gay, avança em suas emoções, que são exatamente as mesmas que qualquer outro humano tem quando se apaixona, quando ama, quando se decepciona etc. Espero que seja tudo mais tranquilo quanto foi para quem veio antes, com mais amor, mais afeto, mais carinho e mais respeito. Aproveite o pianista, construa o romance do jeito que você quer. Sou casado com um cara há uma década, o conheci na internet, encontramo-nos e fomos ao cinema no primeiro encontro. Não transamos no primeiro mês. Tudo tão igual…

25 11 2010
FOXX

eeeeeeeeeee!
parabéns!
espero q dê tudo certo!

25 11 2010
@bearintrance

Porra.. posto longo do caralho! Achei que ia relaxar antes de sair.. kkkkk. Na volta eu leio.. Abração filhoteeee!!

26 11 2010
DPNN

Muito legal o teu blog, vou linkar no http://blogayrosbrasileiros.blogspor.com (um blog que eu criei para juntar os blogayros).

Legal a tua narrativa, me identifiquei principalmente na parte de morar no cu do mundo.

De vagar ou não, vá no teu ritmo que as coisas se acertam. Já estamos na torcida e aguardando os próximos capítulos…

26 11 2010
Edu

Caramba, você passou pela minha casa! Prédios amarelo-mostarda entre a estação de trem que mencionou e a anterior, rsrs. Na próxima, venham você e o Pianista tomar um café conosco e curtirem um lugar seguro pra pegar na mão e beijar, se quiserem! Só não vale putaria, rsrs.

Seu relato me trouxe muuuuitas lembranças iguaizinhas! As desculpas esfarrapadas-relacionadas à facul, a timidez… Muito bacana!

Beijo, Filhote!

29 11 2010
Denise

aiai…super torcendo pra dar certo…me fez lembrar a minha saída do armário na época da facul…

bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: